CLASSIFICAÇÃO VOCAL DO CANTOR LEONARDO GONÇALVES

abril 12, 2011

(Segundo Blacy Gulfier-Bacharel em Fonoaudiologia, Doutora em Ciências Medicas pela USP, Mestre em Psicobiologia pela USP. Especialista em Voz pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia. Docente do Centro Universitario Adventista de Sao Paulo. Preparadora e Produtora Vocal. Amante e Pesquisadora da Voz em suas mais diversas formas.) http://blacygulfier.blogspot.com/

Na semana especial da VOZ pedi autorização ao cantor Leonardo Gonçalves para falar de um assunto (um pouco polemico …rs ) … a classificação do naipe vocal do cantor.

Há quem aposte que o cantor e barítono, enquanto alguns afirmam categoricamente que um barítono não produziria notas tão agudas com a habilidade vocal que ele as emite.
A classificação vocal do cantor foi feita a partir de vários parâmetros . Dois dos mais importantes parâmetros usados foram:
1- O exame de videolaringoestroboscopia
Neste exame, foi possível observar a flexibilidade das pregas vocais e os ajustes fonatorios  nos diferentes tons emitidos. Isto foi observado cuidadosamente tanto na emissão dos tons mais graves como na emissão dos tons mais agudos.
Ainda foi possível obter a medida (quantitativa) da freqüência emitida pelo cantor em seus diferentes ajustes fonatorios.
Usei também a medição e classificação do naipe vocal usando os parametros da

2- Tabela de Husson onde foi possível obter os seguintes resultados de extensão vocal:
A2 ate  A5
No que se refere a tessitura vocal os resultados encontrados na tabela de Husson foram:
F3 ate E5
Observa-se que o cantor possui uma grande  flexibilidade vocal tanto para notas graves quanto para notas agudas o que possibilita a emissão  de vários tons  com habilidade vocal e sem esforço.
Chamo esta classificação vocal de classificação vocal estendida, ou seja, não posso classifica-lo como  um barítono, pois as notas agudas que ele alcança facilmente estão dentro da tessitura vocal de um tenor. E não posso classifica-lo como um tenor pois as notas graves que ele alcança facilmente estão dentro da tessitura vocal de um barítono.
Então classifico o cantor como :
Tenor com tessitura vocal estendida para o Barítono
Ou
Barítono com tessitura vocal estendida para Tenor
A confortabilidade vocal esta para o cantor nestes dois naipes e nas quebras de registros e passagens nos dois naipes também.
O que acontece e que a possibilidade de emissão de registros divergentes e muito grande e facilmente executada pelo cantor pois a flexibilidade vocal e resistência vocal do cantor ( a nível anatômico e fisiológico) são muito grandes.
Confesso que a primeira vez que acompanhei o cantor em avaliação laringoestroboscopica, ficamos alguns segundos parados sem palavras … eu e o otorrino olhando um para o outro com um ponto de interrogação de: – não pode ser … como alguém pode ter as pregas vocais  tão “malhadas” assim … =)
Confesso também que a disciplina do cantor em relação ao aprimoramento vocal e exercícios vocais para novos ajustes fonatorios e algo  positivamente invejável!
Isso mesmo… o aprimoramento vocal periódico  ( treino vocal) possibilita o fortalecimento e a mobilidade vocal permitindo a emissão de uma gama tonal maior  e como maior habilidade vocal.
Finalizo este post agradecendo a disponibilidade do cantor   permitindo-me postar sobre este assunto e pela felicidade de ser sua preparadora vocal! =)
Sinto-me abencoada!
Anúncios

Uma resposta to “CLASSIFICAÇÃO VOCAL DO CANTOR LEONARDO GONÇALVES”

  1. jad.bruno@hotmail.com said

    Canta muito kra parabens .. Deus Continue te abeçoando .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: